Conheça sua doença

Alimentação na Esteatose hepática

A esteatose hepática, também conhecida como "gordura no fígado", pode causar inflamação no fígado e fibrose (tecido de cicatriz). Em alguns pacientes, esse quadro pode progredir para o desenvolvimento de cirrose e até mesmo câncer de fígado. Infelizmente, a maior parte dos pacientes não tem sintomas ou apresentam sintomas leves como desânimo e desconforto no abdome. 
A esteatose hepática pode ser classificada em duas categorias: alcoólica (provocada pelo consumo excessivo de álcool) e não alcoólica. Algumas características podem levar ao aparecimento da doença, como: sobrepeso, obesidade, diabetes, má alimentação, perda brusca de peso, sedentarismo e alteração de colesterol. 

Tratamento

A principal forma de tratamento é promover a perda de peso e a prática de exercícios físicos. Estudos mostram que uma redução de apenas 3% no peso corporal pode ser capaz de trazer algum resultado. Já a perda de mais de 10% do peso corporal está associada a grande chance de reversão da doença.

O que evitar?

Apesar das pessoas acharem que tem que evitar o consumo de alimentos gordurosos, nesses casos o maior vilão são os carboidratos. Deve-se evitar o consumo de:

Açúcar e doces;
Alimentos ricos em farinha branca, como: pão, macarrão, tortas, pizza;
Alimentos industrializados ricos em frutose (xarope de milho), como: refrigerante, sorvete, sucos prontos pra beber, conserva de frutas, mel, barra de cereais, bolachas, cereais matinais.

Além disso, um estudo recente mostrou que o consumo excessivo de carne vermelha e de carne processada também está associado a maior risco de esteatose e portanto deve ser evitado.

Outra questão importante é que, apesar de saudáveis, as frutas também tem um conteúdo importante de frutose e o consumo de grandes quantidades de frutas também deve ser evitado.

Portanto, se você tem esteatose, é importante que sua alimentação seja equilibrada e adequada para a sua doença. E sabemos que não é fácil conseguir isso sozinho (a). Para ter um cardápio individualizado e que seja possível de ser realizado na sua rotina, o acompanhamento nutricional é muito importante!


Quer agendar uma consulta com nossa nutricionista Dra. Flávia Ximenes?

Ligue para 62 3998-9151 ou entre em contato pelo WhatsApp 62 98324-0251.

Autor

Dra. Flávia Arantes Moreira Ximenes

Nutrição - CRN-1 - 9.521

Capacitação em serviço no grupo de Cirurgia Bariátrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Pós-graduação em Nutrição Clínica pelo GANEP.
Pós-graduação em Nutrição Esportiva pela UFG (em curso).